Blog do Edson

Beef Ancho

1
A intuição.
Essa bela e jovem senhora que sempre nos persegue e nos conduz para os lugares jamais imaginados. Assopra em nossos ouvidos e faz com que caminhemos para onde não queremos ir (muitas vezes), apenas para nosso deleite. E nos remete a surpresas.

A intuição está dentro de nós, mas muitas pessoas insistem em ignorá-la.

Com esta vã filosofia,deixo a seu critério, caro(a) leitor(a), a imaginar o quão melhor seria se todas as pessoas ouvissem atentamente as suas intuições. O mundo certamente seria bem melhor, mais alegre e mais feliz.

Assim estava a refletir sobre a vida quando ouvi uma voz delicada, feminina:

- Vamos conhecer um novo restaurante. Fica para os lados do Batel e servem grelhados aos moldes argentinos. Com massas. Denominado Montecristo Restaurante.

Era Mle. H., que gentilmente argumentou que seria importante a minha presença pelo fato de que teríamos as honrosas companhias de Mme. E. e Mr. C. de Oliveira, que vieram de Tabuleiro (CE) e Recife (PE) em atividades profissionais, e gostariam de conhecer a nossa culinária, do Sul.

Franzi minha testa só em pensar que um “novo” restaurante iria me fazer movimentar e sair do conforto daquela sala com temperatura amena, diferente destes dias de verão.

Consultei minha intuição, e o que ela me disse?

- Vá.
- ?!
- Respondi ao gentil convite com um meneio de cabeça, mas ainda desconfiando da resposta rápida e afirmativa de minha intuição.

Às 19:30hrs, horário combinado, estava na frente do local, na rua Silveira Peixoto, próximo da Praça do Japão.

Me acomodei numa mesa ao fundo e visitei o cardápio. Estava didático. Observei uma atraente adega com generosas ofertas de vinhos. Mas, pelo calor desses dias decidi por cerveja, sendo acompanhado por Mr. C.. 

O garçom me apresentou algumas fatias de pães para acompanhar um creme de queijo, azeitonas, molho chimichurri, e uma salada de folhas com tomates ao molho de maracujá. Veio em seguida costelinha grelhada.

Mle. E, pediu suco de limão batido e Mle, H., água.

As novidades do local aguçavam o diálogo. Soube, por exemplo, que o diretor do estabelecimento, atuou por quase uma década na churrascaria mais conhecida de São Paulo e que mantém filial em Buenos Aires, para onde permaneceu por outros tantos.
Senhor Rodrigo disse que para ampliar os conhecimentos sobre os assados, registrava em fotos as peripécias dos argentinos, “por que eles procuram guardar seus segredos na arte dos grelhados”.
Diante de tanta curiosidade pedi para apurar os assados e nos apresentar.
Veio uma seleção de carnes Premium: Baby Beef, Beef de Chourizo, OjoBeef, e Beef Tango, acompanhados por um arroz biro-biro e uma farofa feita com cuscuz, ovos, bacon e alguns outros segredos, denominada de Farofa Montecristo e um risoto caprese.

Aos poucos as ofertas dispostas à mesa foram sumindo. Foi possível experimentar todos os itens, cadenciados. As carnes grelhadas estavam macias e equilibradas com o sabor que remetia aos verdadeiros assados das terras do presidente Mauricio Macri.

Quando já estava me dando por satisfeito, vieram as sobremesas:
Creme Brulee cítrico,pannacottaclássica com frutas vermelhas, panqueca de banana com laminas de amêndoas , torta de chocolate belga e sorvetes de creme.
Foras avidamente consumidas.

Os diálogos continuaram derivando para os regionalismos e suas riquezas.
Por fim, após um café, o Senhor Rodrigo nos convidou a conhecer os demais ambientes da “Casa”, com a disposição para acolher bons eventos e grupos seletivos.

Conclui que a minha intuição estava certa.

Serviço
Montecristo Restaurante
Rua Silveira Peixoto, 765,
Fones41-3042-4212

1 comentários:

Unknown disse...

Dr. Edson,

Fiquei com água na boca!!!

E com estas companhias, não tinha como não ser uma excelente noite!

Abraço forte,

Gustavo Britto